Leitura Nerd I - Se...


Finalmente estreia a coluna semanal Leitura Nerd, e graças ao blogger e ao tempo escasso quase que não saiu. Porém é com muita satisfação que trago essa novidade do TRG. Uma breve síntese de de tudo: Tenho uma coleção enorme de quadrinhos, então porque não pegar as edições mais fodásticas e tecer comentários na mais abalizada nerdologia? E porque não avisar aos incautos sobre quais são furadas, jogadas de marketing transvestidas em capas bonitinhas e péssimos roteiros. A história do meio é muito chata mesmo? Calma Padawan, estamos apenas começando...

E pra começar em grande estilo saquei da minha pilha de quadrinhos uma edição que acho deveras legal:

O Homem Aranha #146 - Agosto/95 (Brasil)

Enquanto acho uma maneira de escanear minha edição fique com a capa em inglês


Temos três histórias nessa edição (quase como sempre, né?)

Vivendo com Medo

História de 2 irmãos e o medo mesclado com o ódio. Escritores vem fazendo isso desde Shakespeare, porém é uma história bacana. No estilo dos quadrinhos de 80/90 com bastante texto e uma história cotidiana do Teioso, mas com um roteiro legal. Não é nenhuma obra prima, não tem nenhum inimigo memorável, mas mostra como o Aranha ajuda um homem que errou na vida a se libertar dos medos que o perseguiam. O último quadro é aliviantemente divertido.

Ruptura

História chatérrima dOs Novos Guerreiros. Acho um desperdício comentar essa história do meio, faça um favor, ignore-a. A menos que esteja num ônibus e não tiver nada mais para ler. E eu disse NADA!

O que aconteceria se o uniforme negro dominasse Peter Parker

História da capa, deixaram os afobados nerds terem que passar 2 histórias - uma horrível - para chegar até aqui. Muitos não se contêm e pulam direto para cá. É mais uma edição da Marvel da série "SE" que mostra linhas temporais alternativas SE determinado fato houvesse acontecido ou não. Algumas histórias são podres, outras são piadinhas sem graça de roteiristas que não escrevem grandes arcos, mas tem muita coisa boa como essa história que vos trago.
O roteiro é bom, situa a fase do Aranha que ele namorava a Gata Negra e até comenta fatos marcantes da época como o Hulk atacando a Shield e outras situações importantes para trama. A história mostra o que aconteceria se o Reed Richard estivesse viajando e o Cabeça de Teia demorasse para detectar que o traje adquirido nas Guerras Secretas era um simbionte que se alimentava da adrenalina do hospedeiro. A trama é bem amarrada e tem um tom melancólico e triste. Não tem um final feliz, e mostra como detalhes fazem toda uma diferença. O grande destaque porém são as lutas. Como visto na capa o "tcham" de tudo é a luta da simbionte (assumindo controle de Peter Parker)  contra o Hulk e contra o Thor. Até Doutor Estranho, Reed Richards e Garota Marvel tentaram. Ah, tem mais um cara, mas esse eu não posso contar. Leiam que vale muuuuuito a pena. De 0 a 100 dou a nota de 87, tire sua conclusão.

O amigo do Parker, o Lagarto, dr. Connors foi mostrado como incompetente cientista, pareceu até médico de SUS, haha.

Toma Rumo Guri!!

1 comentário

Bezerrinha em 11 de maio de 2012 05:43

NÃO CREIO! *-*

Por isso que tu tava fazendo esse mistério todo né... Que post foda esse, e logo da série mais bacanuda. Lembrei da vez que fiquei entre a "E Se a Gwen Não Tivesse Morrido" e "O Casamento de Peter & M.J" pra te dar de presente. Foi uma dura escolha, mas optei pelos fatos concretos e romantiquinhos *0*
Ficou demais, pra mim uma das melhores surpresas do blog até agora! E nem preciso comentar que tu és muito melhor nas resenhas do que eu.
Ah, certamente que eu ia pular pra última história, mas bem capaz que eu ia desconsiderar o resto do teu trabalho u.u
Mas e no gibi, eu posso, produção? =p

Beijão, mor!

p.s. amei mesmo.